17/10/2010

18/03/2010

Arepas

A arepa, um tipo de pão de farinha de milho, assado, em formato circular e achatado. É um lanche substancioso: cada uma tem de 10 a 20 cm de diâmetro e pode ser recheada com o que você quiser.

Igredientes

1 xícara(s) (chá) de farinha de milho amarela


1/2 colher(es) (sopa) de sal

1 colher(es) (café) de pimenta-do-reino branca moída(s)

1 colher(es) (sopa) de alho em pó

1/2 colher(es) (sopa) de fermento químico em pó

1 unidade(s) de ovo

1 xícara(s) (chá) de Água fervente

quanto baste de mussarela ralada(s)

quanto baste de manteiga



Modo de preparo

Em uma tigela, misture a farinha de milho, o sal, a pimenta e o fermento. Acrescente o queijo e misture mais um pouco.Com um garfo misture a massa adicionando a água fervente. Junte o ovo e continue misturando com o garfo até que a massa desgrude das laterais da tigela. Amasse a massa com as mãos apenas até formar uma bola. Molde pequenos pedaços da massa na forma de hambúrgueres grossos. Em uma panela anti-aderente, aqueça um pouco de manteiga e coloque as arepas até que fiquem douradas dos dois lados. Sirva as arepas quentes com queijo ralado ou seja criativa e faça um super recheio, tipo  "salpicão de frango", ou simplesmente  rechei com frango desfiado com requeijão...

13/03/2010

Scones

Scones é um bolinho rápido de origem escocesa, muito popular no Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, Canadá e é claro, Escócia. Esta receita exclusiva foi elaborada pela Pilão e utiliza como um de seus ingredientes o mais recente lançamento da empresa: Pilão Verão!


Ingredientes:

•3 xícaras (chá) de farinha de trigo

•1 colher (sopa) de fermento em pó

•1 colher (chá) de sal

•4 colheres (sopa) de margarina sem sal

•2 ovos

•1 xícara (chá) de Café Pilão Verão morno

•¼ de xícara (chá) de leite

•4 colheres (sopa) de suco de limão

•gema e leite para pincelar

•queijo parmesão para polvilhar

Preparo:

•Em uma tigela, coloque todos os ingredientes secos, acrescente a margarina e misture com as pontas dos dedos até formar uma farofa.

•À parte, misture os ovos, o café, o leite, o suco de limão e adicione à mistura anterior.

•Amasse rapidamente e deixe descansar por 5 minutos. Forme bolas pequenas de massa e coloque nas minitravessas retangulares untadas e enfarinhadas. Pincele os pãezinhos com a gema e o leite misturados, polvilhe o queijo parmesão.

•Leve ao forno pré-aquecido em temperatura média por 30 minutos ou até dourarem. Sirva quente ou frio.

19/01/2010

Minha receita infalível !!



Uma só receita , para várias formas de pães...


Ingredientes para a massa;


  • 1kg de farinha de trigo sem fermento
  • 100g de manteiga ou margarina
  • 04 ovos
  • 1/2 xícara de açucar
  • 1 colher de sopa rasa de sal
  • 2 xícaras de água quente
  • 02 pacotinhos de fermento seco para pão


  • Preparo
Numa vasilha despeje a farinha e junto o fermento.Misture bem até ficarem completamente misturados.(fermento e farinha)

Numa outra vasilha  coloque a água quente (suportavel ao contato)
Acrescente os ovos,o açúcar, o sal e margarina.Misture tudo e acrescente a farinha aos poucos misturando no centro da tigela. Não coloque toda a farinha, deixe um pouco para  enfarinhar a mesa e sovar a massa.
Acrescente farinha sempre que sentir a massa grudando nas mãos..vá usando  toda a farinha que vc reservou...

Faça uma bola e ponha para crescer dentro do microondas.Aqueça antes um pouco de água e desligue ;em seguida coloque a massa do pão para crescer. Procedendo assim  ela  crescerá com mais rapidez.Caso não tenha microondas,  coloque dentro de um saco plástico .

Quando a massa dobrar de volume abaixe com o punho e deixe descansar .Enquanto isso prepare um recheio de sua preferência .Vc pode ralar mortadela e acrescentar cebola ralada, cheiro verde, milho verde, queijo e ainda por cima acrescentar uma  ou duas xícaras de molho pronto para marcarrão(aquele que vem com sabores variados) vai ficar uma delicia! Pode substituir também a mortadela por frango, ou simplesmente  ralar   tres lingüiças calabresas  .

Enfarinhe a mesa .Abra a massa numa textura  fina.Espalhe o recheio e enrole a massa, fazendo um grande canudo. Depois dobre ao meio Pincele com gema  e  leve para assar numa forma untada  .
O forno deve estar desde o ínício da preparação do recheio ligado. 
Estará pronto quando estiver dourado por cima  .Espete um palito para ver se a massa estar assada por dentro.

Se não quiser ter todo esse trabalho faça bolinhas , pincele com gema e leve para assar.


03/01/2010

Agora essa. Descobriram que ovo, afinal, não faz mal. Durante anos, nos aterrorizaram. Ovos eram bombas de colesterol. Não eram apenas desaconselháveis, eram mortais. Você podia calcular em dias o tempo de vida perdido cada vez que comia uma gema.Cardíacos deviam desviar o olhar se um ovo fosse servido num prato vizinho: ver ovo fazia mal. E agora estão dizendo que foi tudo um engano, o ovo é inofensivo.O ovo é incapaz de matar uma mosca. A próxima notícia será que bacon limpa as artérias.Sei não, mas me devem algum tipo de indenização. Não se renuncia a pouca coisa quando se renuncia ao ovo frito. Dizem que a única coisa melhor do que ovo frito é sexo. A comparação é difícil. Não existe nada no sexo comparável a uma gema deixada intacta em cima do arroz depois que a clara foi comida, esperando o momento de prazer supremo quando o garfo romperá a fina membrana que a separa do êxtase e ela se desmanchará, sim, se desmanchará, e o líquido quente e Vlscoso correrá e se espalhará pelo arroz como as gazelas douradas entre os lírios de Gileade nos cantares de Salomão, sim, e você levará o arroz à boca e o saboreará até o último grão molhado, sim, e depois ainda limpará o prato com pão. Ou existe e eu é que tenho andado na turma errada. O fato é que quero ser ressarcido de todos os ovos fritos que não comi nestes anos de medo inútil. E os ovos mexidos, e os ovos quentes, e as omeletes babadas, e os toucinhos do céu, e, meu Deus, os fios de ovos. Os fios de ovos que não comi para não morrer dariam várias voltas no globo. Quem os trará de volta? E pensar que cheguei a experimentar ovo artificial, uma pálida paródia de ovo que, esta sim, deve ter me roubado algumas horas de vida a cada garfada infeliz. 

Ovo frito na manteiga! O rendado marrom das bordas tostadas da clara, o amarelo provençal da gema... Eu sei, eu sei. Manteiga ainda não foi liberada. Mas é só uma questão de tempo. 

Texto extraído do  livro "A mesa voadora" de Luís F.Veríssimo.




Agora uma farofinha especial para comemorar!



.

Farofa de ovos

6 unidade(s) de ovo

1 xícara(s) (chá) de farinha de mandioca torrada

40 gr de cheiro-verde

4 colher(es) (sopa) de manteiga

1 unidade(s) de cebola batida(s)

40 gr de parmesão ralado(s)

Bata os ovos inteiros, tempere com o queijo, o cheiro-verde picado e sal e pimenta do reino a gosto. Doure a cebola na manteiga, junte os ovos, refogue bem e, assim que começar a endurecer, mexa com um garfo, a fim de ficar em pedacinhos. Depois, vá mexendo e juntando a farinha, até formar uma farofa úmida e solta. Prove sal e pimenta.

Bom apetite!